[ editar artigo]

Carta de agradecimento.

Carta de agradecimento.

O nome do texto já diz tudo, ou quase tudo. E ele vem no momento certo: o dia internacional do voluntário. 

Daqui a dez dias completam-se 4 meses em que iniciei essa trajetória na Academia de Talentos, projeto que não conhecia, mas que na formatura de hoje, dos mais novos ICFErs da Turma 33, senti que valeu a pena tentar, me arriscar, me reinventar. Cada encontro e palestra, cada nova etapa do projeto, cada sábado com meu amado Grupo 4 (Vai Grupo 4! <3), tudo valeu a pena. 

Foi uma trajetória que começou com 65 voluntários de diferentes lugares do Brasil. Uma riqueza de ideias, de sotaques, de personalidades, todas combinadas com o objetivo comum de impactar e transformar, não só a comunidade de Heliópolis e a realidade dos grupos que nos propusemos em trabalhar durante o semestre, mas a nós mesmos. Nessa trajetória, alguém esteve sempre ali, observando, refletindo, se desenvolvendo e se tornando a CEO da sua própria vida: eu! Inúmeras foram as oportunidades que nos foram oferecidas de nos apropriamos das nossas histórias, de contarmos com orgulho sobre elas para que pudéssemos, com isso, criar as novas estratégias para definirmos nosso futuro. Caiu como um luva. Em um ano que nos vimos perdidos, o CEO nos recebeu, nos abraçou e nos disse: "Está tudo bem. Você pode estar perdido, mas tenha calma para se encontrar. Você tem e é uma potência! Use isso a seu favor." E usamos. E nos formamos. E saímos jovens conscientes do nosso propósito nesse mundo. Minha eterna gratidão por ter me dado essa nova consciência, ICF. Mais do que engenheiros, administradores, químicos, internacionalistas, advogados e tantos outros profissionais e futuros profissionais, nos tornamos mais humanos e prontos para nos conectarmos verdadeiramente com mais pessoas e encararmos novos desafios. Isso, antecede qualquer formação e, sem sobra de dúvida, é motivo de orgulho para cada um de nós. 

Falando em projeto....ah, eu não poderia deixar de falar do meu querido Helipa Delas. Como fomos longe. Desafios em grupo e individuais. Em qual tema vamos atuar? Tá, mas qual dor iremos atacar? Como aproximar da comunidade? Será que as mulheres querem e apoiam o projeto? Foram inúmeras perguntas e com alegria confirmamos que conseguimos responder à todas! Trabalhar com a nossa temática não é fácil, aprendemos muito como grupo e que bom que vieram os desafios, pois nos lapidaram. E resultou nessa força que é o HD. Foram muitas reuniões, muita quebra de cabeça e não esqueceria das risadas e trocas de figurinhas! Mais do que parceiros de grupo, criamos uma amizade, respeito mútuo e carinho um com o outro. A grande riqueza do nosso voluntariado. Vamos determinados em atingir nossas metas, mas sem esquecermos aquilo que nos motiva: a transformação de vida das mulheres de Helipa. Torço para que, quando tudo isso acabar, possamos nos encontrar, nos divertir e discutir sobre o projeto frente a frente, lado a lado. Enquanto esse momento não chega, agradeço aos mentores espetaculares Cassi, Paulinha e Edu,  que foram tão presentes e que, ao mesmo tempo, nos deixavam tão à vontade para tomarmos nossas decisões. Agradecer especialmente aos meus mores: Thaís (rainha do grupo, ponto!), Zé, Rayff e Taci, que finalizaram essa etapa junto comigo e que sinto um orgulho imenso de ter conhecido. Brilhem, cada vez mais!  Vocês são incríveis <3 Agradeço às mulheres que compartilharam suas histórias conosco, histórias de dor, mas também histórias de força e de coragem e que confiam em nosso trabalho.

Nesse dia do voluntário, estou certa que a Raquel de agosto já não é a mesma da Raquel que encerra esse 2020. Ainda virão muitos desafios, mas nenhum se equipara ao desafio que encaramos continuamente, o de responder à pergunta: o que eu quero me tornar e como quero impactar? Esse, digo com segurança, se tornou pequeno graças ao ICF, ao VimVer e ao Helipa Delas.

Um grande e eterno muito obrigada!

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Raquel Amorim Campos
Raquel Amorim Campos Seguir

Carioca que foi para as Minas Gerais para fazer o curso de Engenharia Ambiental, o qual tem grande amor. Acredita que a junção da engenharia e do impacto social é capaz de grandes transformações!

Ler conteúdo completo
Indicados para você