[ editar artigo]

CEO do Futuro

CEO do Futuro

O que aprendi nesses seis meses foi como gerenciar pessoas, organizar e gerenciar as informações e , assim, tomar decisões.

Por mais que eu absorvesse e fizesse uso do que aprendi nos sábados da forma mais rápida o possível, percebi que uma pessoa só não faz um grande trabalho em grupo. É o mesmo com as organizações grandes, sempre tem um ótimo time atrás de uma boa ideia. 

Ouvir é a melhor forma de aprender definitivamente. Pude perceber isso tanto com os líderes que palestraram no sábado quanto com os meus parceiros de equipe, os quais tenho muito que agradecer pela maravilhosa jornada. 

A chave para seu sucesso está na atenção que se dá ao que é mais relevante, e só é possível adquirir tal habilidade quando um se cerca de experiências diversificadas. Isso, juntamente com o desejo de fazer a diferença, é a receita para trazer impacto, seja lá qual for a área/problema.

Muitas pessoas têm ideias erradas sobre projetos online. Muitas vezes as pessoas pensam que eles são uma perda de tempo e de recursos. Mas o CEO é realmente diferente. A conexão que é possível se fazer com pessoas de todo o país é muito mágico. 

Seis meses é muito tempo para aprender e crescer como líder. Você tem que ser paciente e ser forte. Você também precisa ser realista. Seja honesto com sua equipe. Não os subestime e não os coloque sob estresse excessivo, pois isso pode prejudicar a entrega final. Mas também não aceite um não como resposta, a não ser que seja obrigado pelo tempo. 

Algo que aprendi foi ficar menos preocupado em tentar forçar um solução e mais preocupado com as pessoas que quero ajudar e como elas podem se relacionar com o produto ou o serviço criado. Ao se deparar com o problema, você não precisa ter uma solução de um milhão de reais; você só precisa fazer a pergunta certa para a pessoa certa. E, se tiver sucesso, nunca mais terá que pensar no problema, apenas na implementação da solução. O processo de Empatia do Design Thinking é perfeito para isso.

E no final, tudo se resume a isso: relacionamentos. Tanto com a comunidade, quanto com a equipe, como para com você mesmo. Então sou muito grato a todos que fizeram parte desse projeto, por mais breve e distante que possa ter sido; o CEO veio para ficar e impactar a vida e milhares de jovens. Que venha a turma 34!

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Gabriel Jacinto
Gabriel Jacinto Seguir

Nasci em Brasília e hoje estudo Computação na UFSC. Tenho o objetivo de melhorar o mundo com a ajuda de tecnologias disruptivas (Inteligência Artificial principalmente, para falar a verdade). Saxofonista, surfista e doador de sangue em horas vagas.

Ler conteúdo completo
Indicados para você