[ editar artigo]

Competências Profissionais, Emocionais e Tecnológicas, Para Tempos De Mudança.

Competências Profissionais, Emocionais e Tecnológicas, Para Tempos De Mudança.

 

Nesse artigo, compartilharei um pouco do que foi absorvido, contextualizando as competências mencionadas no curso competências profissionais, emocionais e tecnológicas, para tempos de mudança, realizada pela PUCRS, professores:  Leandro Karnal, Luiza Helena Trajano e Wilson Marchionatti, conteúdos essenciais para uma jornada profissional.


O que são Competências?

Em resumo, competência é a interseção entre conhecimentos, habilidades e atitudes, isto é, competências são o conjunto dos três elementos em cada pessoa, em que se transformam em ações concretas dentro de um contexto específico.

Acredito ser primordial falar sobre o tempo, por ainda serem usados na afirmação: “não tenho tempo”, na minha concepção quanto mais cedo eliminarmos essa crença limitante de falta de tempo, conseguiremos prosseguir com as competências essenciais para tempos de mudança.

Bem, temos a impressão de que estamos sempre sem tempo, que somos muito ocupados, mas se refletirmos, compreenderemos que apenas nos enganamos, não havendo a compreensão da sua importância.

O tempo é algo que todos possuem e que não tem retorno, uma vez passado, nunca mais podemos tê-lo novamente, por isso devemos ser o nosso próprio curador cultural, ou seja, o mediador á tanta informação, escolhendo o que consumiremos de conteúdo, livros, filmes, entre outros, analisar se estamos dedicando-o para algo que faça sentido individualmente, ou somente por estar na moda. A vista disso, é imprescindível selecionarmos criteriosamente como curadores culturais da nossa vida, aquilo que agregará no ramo pessoal e profissional, gerenciando o próprio tempo, aproveitando cada segundo, porém o “aproveitar”, deve ser interpretado como, utilizá-lo de forma consciente e eficiente, tal como, para cada atividade devemos está totalmente concentrados e focados, no que nos propormos a fazer naquele tempo, se for estudar algum assunto, irá está totalmente integrado a essa atividade eliminando as distrações para maior produtividade, dessa forma, é essencial que usemos o tempo com estratégia.

Pensar estrategicamente segundo Leandro Karnal é “quantificar um futuro possível, deslocar forças para esse futuro possível e pensar no que pode acontecer.” Quanto mais antecedência melhor a nossa estratégia, pensando na gestão empresarial, como também, em uma construção de carreira por exemplo. Concedendo-nos autonomia para agir em qualquer situação com mais liberdade e tranquilidade. Só conseguiremos pensar e agir com estratégia com o conhecimento, pois ele possibilita a todos uma visão de mundo individual, logo, quanto mais conhecimento, quanto mais aprendemos, quanto maior a nossa curiosidade, menos efeito manada, consequentemente estaremos sempre evoluindo, e essa evolução deve estar entre os hard skills (habilidades técnicas) e soft skills (habilidades comportamentais).

Temos muito claro que não basta somente termos o conhecimento técnico, mas que a inteligência emocional, contribui grandemente na vida pessoal e nas organizações, conseguindo identificar as nossas emoções, quando necessário contê-las. Dessa forma, os ambientes tornam-se mais agradáveis, mantendo um relacionamento melhor com todos ao nosso redor, mesmo estando na era digital, onde todos estão super conectados, a disrupção digital utilizada ao nosso favor, só tendemos a ganhar. Sim, a conectividade ela nos ajuda a expandir o nosso alcance de comunicação, dando-nos a oportunidade de cada vez mais atingir várias pessoas, não importando se a mesmo está do meu lado ou do outro lado do mundo. Todavia, precisamos estar atentos ao atendimento que oferecemos, para levarmos de forma virtual essa sensação de acolhimento com a comunidade. Então, abraçar todo esse avanço tecnológico, além de nos aproximar de mais pessoas, otimizando tempo com atividades repetitivas, para atividades que requerem mais o nosso lado humano, sendo empáticos e cooperativos, desse modo, seremos capazes de impactar, transformando a sociedade, por intermédio de Liderança solucionadora.

Por fim, essas mudanças nos propõem constantemente sermos adaptáveis, sabendo nos reinventar, como também resilientes, sendo fortalecidos a cada passo e queda, seguindo fortes nessa jornada, sabendo que encontraremos muitos desafios, nos ocasionando dúvidas e incertezas, por outro lado, como abordado muito bem pela Luiza Helena Trajano “mantermos sempre a nossa essência”, torna a nossa caminhada mais direcionada, entendendo os nossos valores, estando claro o nosso propósito, tendo o projeto de vida elaborado individualmente,  sendo protagonistas e vivendo uma vida que nos faz feliz, são imensas motivações para acordar toda a manhã com garra e energia.

“Você é do tamanho daquilo que você compartilha.”

                                                                        Luiza Helena Trajano

Trouxe de forma geral as competências abordadas no curso:

Competências Profissionais: Estratégia, Produtividade e Gestão De Tempo, Propósito e Liderança.

Competências Emocionais: Aprendizagem, Resiliência, Inteligência Emocional, Autonomia, Curadoria e Empatia.

Competências Tecnológicas: Adaptabilidade, Transformação Digital, Conectividade, Atendimento e Cooperação.

                             O mundo é constante, logo, o nosso aprendizado também!!!

 

“A vida exige esforço, exige renúncia.”

                                                Luiza Helena Trajano

 

 

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Alice Leandro Trindade
Alice Leandro Trindade Seguir

O aprendizado ocorre constantemente, a cada passo que damos novos aprendizados ocorrem em nossas vidas, e o nosso maior tesouro é o conhecimento, pois ele te possibilita a ter liberdade, segurança e autonomia na sua vida. Tenho sede de conhecimento.

Ler conteúdo completo
Indicados para você