[ editar artigo]

Comprometimento e gravidade zero

Comprometimento e gravidade zero

Aqui estou para compartilhar um aprendizado recente. É mais fácil se comprometer 100% ou 98%? A resposta parece óbvia mas não é.

Quando estamos 100% comprometidos, esse comprometimento é simplesmente consequência de uma visão e um propósito claros. Porém quando estamos 98% comprometidos, é necessário coragem para seguir apesar do medo ou incerteza. Por isso, o 98% é muito mais difícil.

“É mais fácil manter seus princípios 100% do tempo do que 98% do tempo."

Clayton M. Christensen (1952 - 2020) - inventor do conceito de inovação disruptiva, autor de negócios e professor de administração na Harvard Business School

Dessa forma, o 100% é mais factível e o 98% pode ser um desafio árduo principalmente em um contexto de restrições e bloqueios.

Isso me remete a frases e conselhos que ouvi no começo da última década como:
- "Você tem facilidade para compreender as disciplinas, segue área acadêmica."
- "Você explica bem, com certeza vai ser um professor."

Quem foi o errado por seguir os conselhos? Eu, simplesmente eu. O exercício da autorresponsabilidade é uma premissa para uma vida plena e sem vitimismo quando não deve haver.

Logo eu que procurei ajudar meus amigos e ter compaixão por eles, nunca me dei atenção e tive compaixão por mim. Nunca me questionei o porquê de as atividades de ensino e pesquisa me deixarem tão infeliz.

Todo esse peso e toda essa carga me cegavam e me pressionavam. Tudo isso me dava uma pressão que eu não queria e não quero ter. Eu quero fazer o que eu QUERO fazer (sempre com ética, claro), eu quero fazer o que me faz feliz e me brilha os olhos, eu quero fazer o que me desafia mesmo que não seja aquilo que eu tenha maior aptidão intrínseca. Eu sinto a necessidade de estar num estado de gravidade zero sem pressão e aproveitar a jornada que minhas escolhas constroem.

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Filipe Augusto
Filipe Augusto Seguir

Sou engenheiro químico e apaixonado por gestão de projetos e suas ferramentas. Possuo mestrado em engenharia de processos e durante os últimos anos, me especializei em simulação, integração e otimização de processos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você