Atividades
  • Notificações
  • Tags
  • Favoritos
Nenhuma notificação

Por que a diversidade é tão importante para as empresas de TI

Por que a diversidade é tão importante para as empresas de TI
Robson Del Fiol
jun. 25 - 4 min de leitura
0 Curtidas
0 Comentários
0
"A diversidade promove a tolerância. Quando você não encontra pessoas diferentes, não percebe coisas, não percebe o quanto tem em comum com elas."
Malala Yousafzai

Já faz algum tempo que venho percebendo um número maior de empresas de tecnologia se envolvendo com as pautas de diversidade e gênero, principalmente neste mês de junho, que celebra o orgulho LGBT. É perceptível o interesse das marcas pelo tema, pois o feed das minhas redes sociais e todas as propagandas de TV estão mais coloridas do que nunca. Sinal que a ficha caiu em relação ao impacto positivo da diversidade no mundo dos negócios. Pela minha experiência profissional com inovação e startups, eu já havia percebido que quanto mais diversa é uma equipe, mais valor se agrega e mais inovação se produz. Consequentemente, mais criativas são as equipes e mais assertivas são nas suas escolhas e decisões.

A criatividade é essencial para as empresas de tecnologia, que precisam inovar e encantar clientes cada vez mais exigentes. Não por acaso, as chamadas bigtechs como Google, Amazon, Dell, IBM, Microsoft, entre outras, entenderam essa questão e lideram iniciativas nesse sentido com muito sucesso já há alguns anos. 

No entanto, parece que ainda existe muito por se fazer, pois o setor de tecnologia ainda se comporta como um ambiente inóspito para quem se identifica como LGBT+. Pelo menos foi o que apontou uma pesquisa do The Institution of Engineering and Technology (IET), do Reino Unido, ao descobrir, em 2018, que 1/3 das pessoas LGBT evitam carreiras em ciência, tecnologia e engenharia com medo de sofrerem discriminação e bullying. Isso é um absurdo e precisa mudar!

Já um outro levantamento mais recente da Stack Overflow, feita com 65 mil desenvolvedores em mais de 180 países, revela que apenas 2,7% desses profissionais na indústria de TI são gays e lésbicas, 5,7% bissexuais e apenas 1% se identificam como pessoas transsexuais. Ou seja, ainda há muita inclusão por fazer no campo da tecnologia. 

Ao buscar pelo assunto, é fácil perceber que a internet está repleta de pesquisas que comprovam a importância da diversidade e seus impactos positivos. Um estudo da série Diversity Matters, da consultoria internacional McKinsey, de 2020, com empresas da América Latina, incluindo o Brasil, revelou que os funcionários de empresas percebidas como comprometidas com a diversidade têm 11% mais probabilidade de relatar que podem “ser quem são” no trabalho. Na conclusão da consultoria, essa liberdade provavelmente estimula a capacidade de participação e contribuição.

Essa mesma pesquisa também diz que empresas na América Latina com equipes executivas mais diversificadas em termos de gênero têm 14% mais probabilidade de superar a performance de seus pares na indústria. Essa porcentagem sobe para 25% nas empresas com maior diversidade na liderança em termos de orientação sexual. Ou seja, a diversidade melhora a produtividade e impacta positivamente os resultados financeiros.

O meu lugar de fala nessa discussão é apenas de uma pessoa aliada à causa LGBT+, que busca aprender cada vez mais sobre o tema. Pois não precisa sofrer preconceito para saber que respeito deve ser aplicado a todas as pessoas. É preciso que as companhias em geral se convençam do mesmo e promovam políticas de diversidade e inclusão em seus times e suas lideranças.

Artigo postado originalmente no Linkedin.


Denunciar publicação

Robson Del Fiol

Head de Marketing Vendas, Sky.One Solutions

0 Curtidas
0 Comentários
0
0 respostas

Indicados para você