[ editar artigo]

Uma linha do tempo para encontrar a si mesmo

Uma linha do tempo para encontrar a si mesmo

O ser humano que chamamos agora de "eu" é resultado de nossas experiências: com quem convivemos, onde estivemos, o que fizemos, como e por quê. Neste sentido, mapear estas experiências através de uma linha do tempo pessoal pode ser uma ferramenta poderosa de autoconhecimento. Através da análise de memórias e eventos importantes do nossa trajetória é possível obter insights sobre nossas preferências, o que nos motiva, quem somos em essência e o que queremos para nosso futuro.

Esse exercício foi um dos temas abordados na palestra sobre propósito, ministrada hoje por Sérgio Gomes para a Academia de Talentos do Instituto CEO do Futuro. Quando finalizei a graduação, tinha muitas dúvidas profissionais e fui apresentada a esta ferramenta em um workshop de carreiras. Obtive muita clareza na sua elaboração e foi um divisor de águas para que eu decidisse não permanecer na área acadêmica e me dedicar a algo que não estava diretamente relacionado à minha área de formação.

Ao fazemos nossa linha do tempo pessoal, revisitamos o impacto dos acontecimentos sobre nós, nossos papéis e experiências,  identificamos os momentos de grande felicidade, bloqueios e "pontos de inflexão" - aqueles em que ocorreram mudanças profundas.  Podemos, a partir dessa prática consciente, identificar padrões e desvendar o que realmente nos motiva. Essa compreensão pode nos auxiliar a realizar as transformações necessárias no presente e a projetar o futuro de maneira mais assertiva.

Como fazer uma linha do tempo pessoal?

O processo é muito simples! Em uma folha, trace uma linha ao meio, colocando no início dela, o ano de seu nascimento.

A partir daí, registre todos os eventos marcantes que aconteceram em sua vida de maneira linear ao longo da linha. Podem ser acontecimentos na esfera pessoal, profissional, ou mudanças externas que tiveram influência sobre você. 

Posicione os eventos que causaram contentamento acima da linha e os desafiadores abaixo dela. Pode-se levar em conta a intensidade do evento para posicioná-lo no "eixo y". Você pode ainda ligar os pontos, como na figura da capa deste post.

O mais importante é refletir sobre os aspectos positivos e negativos dessas memórias, entendendo a maneira como elas influenciam seu comportamento hoje, seus relacionamentos e emoções e verificando os impactos disso em quem você é agora. 

Qual é o objetivo final?

Cada um dos atos que realizamos ao construir a linha do tempo pessoal é um tipo de exercício de autoconhecimento. Quanto mais você sabemos quem somos, o que nos influencia e tudo o mais que completa nossas personalidades, podemos entender com mais profundidade tudo o que aumenta ou sabota nosso sucesso e felicidade.

Contemplar os altos e baixos da jornada também pode ser reconfortante em momentos de dificuldades. Nada dura para sempre e como me disseram uma vez, "a vida é como um eletrocardiograma", muita estabilidade é um mau sinal...

Construindo um cronograma para o futuro

Além da linha do tempo que nos conecta ao passado, podemos também projetar nosso futuro, planejando o que for relevante para a realização dos nossos sonhos e projetos de vida nas diversas áreas. Esta pode ser feita de maneira análoga à retrospectiva, levando em consideração nossos principais objetivos.

Esta prática é uma viagem fantástica que nos motiva a ir mais longe, pois nos conecta com nossas metas e a busca de opções e motivações para realmente alcançá-las. 

E você, já fez a linha do tempo da sua vida? O que achou dessa ferramenta?

Essa é uma comunidade colaborativa e seria ótimo ter você como mais um elo nesta corrente do bem. Deixe um comentário e contribua com suas ideias!

Um grande abraço, vamos juntos nessa jornada! 

PS.: para ilustrar melhor o assunto, abaixo você pode ver um exemplo de linha do tempo pessoal (em inglês), com base na vida de Steve Jobs (créditos a @AnnaVitalS):

1RX1NzM

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Pâmela Neder
Pâmela Neder Seguir

Apaixonada por ideias, cursos online e admiradora da natureza. Na busca pelo equilíbrio entre foco e multipotencialidade. Sommelier de cafezinho (sem açúcar).

Ler conteúdo completo
Indicados para você