[ editar artigo]

Minha jornada na Academia de Talentos - De pessoas, para pessoas.

Minha jornada na Academia de Talentos - De pessoas, para pessoas.

Quando criança, todos sonham em se desenvolver e ter sucesso em algo, independente da área que escolha seguir. Alguns pelo sentimento de satisfação pessoal motivado pela conquista, outros por entenderem que quanto mais influentes, mais impacto conseguirão causar, e mais pessoas atingir. No meu caso, foi uma mistura dos dois, mas o foco de hoje é falar sobre o segundo.

Por ser uma pessoa muito tímida, mas com muita afinidade com números, problemas de lógica e dados, sempre me vi trabalhando com planilhas - não a toa escolhi a engenharia como carreira - mas na jornada  da busca pelo autoconhecimento que todos estamos constantemente, percebi que meu propósito era muito além disso.

Em todos projetos que passei, sempre dei meu melhor, direcionado para resultados e com um foco muito claro no que era o melhor para o projeto, como eu fui ensinado. No Movimento Empresa Júnior, encontrei diversos jovens com propósitos parecidos com os meus, transformar a sociedade e o ambiente em que vivemos, formando lideranças do futuro mais fortes e conectadas, com projetos de alto impacto.

E onde entra o CEO do Futuro e Academia de talentos nessa história toda? Ainda no Movimento Empresa Júnior, aprendi que para gerar o impacto que eu acredito na sociedade, precisamos ser comprometidos e capazes de transformar o Brasil. O comprometimento eu desenvolvi desde cedo, inconformado com diversas questões a assolam a população do nosso país, mas e a capacidade? 

Quando essa chave virou na minha vida, eu percebi que o inconformismo é importante, mas não suficiente para gerar o impacto que eu acredito para transformar o país, e que para isso seria necessário me capacitar. E essa capacitação não viria apenas de cursos profissionalizantes, Hard Skills são fundamentais, mas para se tornar um líder é preciso mais.

Nessa busca que conheci o CEO do Futuro, e me apaixonei pelo instituto e pelo trabalho que é feito aqui, enxergando no CEO valores muito parecidos com os meus, um alinhamento de propósito forte, e na Academia de Talentos me desenvolver, não com foco em mim, em números e resultados, como eu acreditava no início. Mas para pessoas, pois tudo que fazemos deve ser pensando em pessoas e para pessoas.

 Na Academia de Talentos entendi como posso usar a minha afinidade com números e dados para impactar pessoas, ser uma liderança consciente, colaborativa e fiel ao meu propósito. E, mesmo em um período curto, me desenvolvi profissionalmente e pessoalmente de forma muito engrandecedora, sabendo que ainda há um longo caminho a ser percorrido, mas que o aprendizado que o CEO me proporcionou e as pessoas que conheci na Academia de Talentos me mostram que estou no caminho certo, e que juntos podemos causar muito impacto na sociedade e em todos ao nosso redor.

Photo by Clemens van Lay on Unsplash

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Thiago El Sayegh Nunes
Thiago El Sayegh Nunes Seguir

Baiano, 24, futuro engenheiro civil e entusiasta sobre diversos assuntos

Ler conteúdo completo
Indicados para você