[ editar artigo]

O mundo em 2021, visitado pela Economist (Parte 5/5)

O mundo em 2021, visitado pela Economist (Parte 5/5)

O que esperar de 2021? O “THE ECONOMIST traz uma analise de mais de 50 especialistas sobre o que está por vir em 2021. Confira!  

Grandes problemas ganham destaques

Os grandes problemas como educação, saúde, energia, segurança, política, destruição da classe média, ganham destaque e as soluções são desenvolvidas por empresas de tecnologia. Grande capital é investido para fazer o bem, enquanto os problemas globais são resolvidos. Empreendedorismo social no seu melhor com resultados financeiros muito substanciais.

Tudo vai para o natural e saudável.

Alimentos, experiências e forma de interação. 100% natural será o normal. Produzir a própria comida, meditar e se exercitar, passa a fazer parte do dia a dia. A permacultura e os sistemas de produção pessoal eficientes estão crescendo exponencialmente. Todo mundo quer ser capaz de satisfazer suas necessidades pessoais de alimentação saudável. Consumir local, mas real. Ser mais saudável é o “novo luxo”. Produtos suntuosos perdem valor e justificativa. A reciclagem está voltando muito mais forte depois de um ano de desperdício incontrolável, agora com grandes tecnologias que realmente iniciam e resolvem os problemas gerados no passado.

Um renascimento

O mundo está vendo este ano como um novo começo. Um renascimento. As pessoas vão repensar seus objetivos pessoais, de trabalho, saúde, dinheiro e espirituais. Grandes oportunidades estão surgindo para satisfazer todos esses requisitos e mudanças de pensamento. Um novo começo com valores mais reais. Muitos comportamentos serão transformados e nunca mais voltarão. Acumular, consumir e viver pelo material vai para o lado negativo da conversa. A inovação, a tecnologia, o pensamento natural e lateral são a base da nova realidade. Continuar fazendo o mesmo sem repensar em 2021 é ir direto para a lata do lixo. Todos estão a tempo de encontrar novos caminhos. As diretrizes estão definidas. Você apenas tem que encontrar as novas rotas pessoais ou comerciais.

Referência:  Compartilhamento do professor Luiz Alberto Verri

 

O que achou desta analise? Concorda? 

Compartilha conosco quais seus insights desta pesquisa!

 

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Ler conteúdo completo
Indicados para você