[ editar artigo]

Orgulho de estar, chegar aqui e ser CEO do Futuro - parte 3/T29

Orgulho de estar, chegar aqui e ser CEO do Futuro - parte 3/T29

Mal acabava a #T28 já se iniciava a #T29 sim "sem férias" e na empolgação, não me lembro e nem sabia o que era um sábado normal sem #ICF, então continuei na missão de ser mentor e muito feliz por todos os aprendizados que me trouxeram até aqui.

Mas a #T29 foi diferente, e põe diferente nisso. Já começava no processo seletivo, foi minha primeira vez de ter esse "poder" de decidir um futuro de um/uma jovem talento para participar do programa. Sim estava um pouco reflexivo mas ao mesmo tempo estava feliz pela sensação de ser pertencente dessa casa. Queria contribuir o máximo possível para que nossos jovens pudesse protagonizar seu talento.

E foi assim que comecei a conhecer mais gente do que só os mentores e alunos, conheci figurinhas carimbadas que são parte da engrenagem de tudo isso acontecer, Marineis, Robson, Leandro e Carol. Foram algumas trocas aí pra conhecer como o instituto funcionava. #atormenteimesmo

Voltando ao processo seletivo da #T29, jamais vou esquecer. Na verdade os processos seletivos dai pra frente que participei todos memoráveis. No da turma 29 tive a honra de ser parceiro de processo com a Alê e passar um dia insano quase sem almoçar por tantos futuros jovens incríveis, que tinham histórias de vida mais incrível ainda e que com certeza fariam a diferença naquela edição. Destaco duas mais que especiais, pessoas que carreguei comigo dali pra frente, Greyce e Carolzinha. Foram as duas entrevistas que marcaram o início daquela turma, não é mesmo?? #quantahistória

Mais que um presente, uma obra de arte do meu querido Maicon, era saber que seria mentor junto com Letícia, vulgo Lelê. Ex #T28 ela embarcava na missão de ser mentora pela primeira vez, e logo comigo. Pois é se lascou, ahhahahahhaha. Mas fomos muito além que uma dupla de mentoria, viramos parceiro. Parceiro de time, parceiro de rolê, parceiro de viagens, parceiro de cursos, parceiro de várias conversas e brisas sobre tudo que imaginar. Parceria para vida!

Sim nós dois nos desenvolvemos muito, foi muita evolução em 6 meses, passou muito rápido e isso com certeza se deve também aos nossos pupílos: Pedro-bigode, Milena, as duas Biancas, Angélica, João, Pedro, Alana, Sirley e o Hélio-estagiário e nosso querido Adolfo. Nosso grupo era o #EduCativa que virou EducaFunk (mas isso eu conto mais pra frente). Era um grupo muito especial, que pudemos trocar várias horas juntos, principalmente para chegar na represa do Billings onde estávamos realizando nosso projeto. Foram várias reuniões em horários inimagináveis e no fim tudo deu certo. Sim a reta final só quem viveu sabe o que foi esse projeto. #Apreensão

Esse grupo, esse semestre, essas pessoas que já havia conhecido pelo CEO do Futuro fez despertar uma inquietação ainda maior. Precisamos deixar um legado nas comunidades, precisamos ser agentes de transformação, precisamos plantar mudança e temos potencial pra isso. Duas frases a partir de toda essa inquietação marcaram esse momento de meus próximos passos:
1) Quanto maior a responsabilidade maior seus super poderes...
2) A vida é muito curta para fazer dela um rascunho, pois talvez não teríamos tempo para passar a limpo...

Foi muito energizado e muito inconformado, somei a Karen e Nat, e começamos a redesenhar uma nova estrutura e objetivos para os projetos sociais, começava a nascer o #VimVer . Esse vale um capítulo a parte dessa jornada.

Voltando a turma 29, a turma que ficou na história, nunca vi tanta gente numa formatura, sim foi uma festa, uma formatura de responsa. Só quem viveu sabe o que foi, momento épico de muita celebração pela jornada que vivemos juntos. Fomos de alta energia, do início ao fim, da sofrência ao Funk e da alegria a saudade!

Gostaria de deixar aqui meus profundos aprendizados:
1) Celebre: independente do tamanho de sua vitória ou aprendizado, contemple ele. Poderia ser só um simples after da turma mas com essa turma aprendi que era um momento de muito aprendizado, as vezes maiores do que uma aula, curso ou livro. A presença, as pessoas e a sinergia naquele momento por si só já é muito rico, aproveite!
2) O resultado final é a sua jornada que viveu: esse é o resumo da turma, acho que um filme conta por si só.

3) Perguntas X Respostas: as vezes ou muitas vezes ficamos presos procurando as respostas, para que assim pudéssemos nos apoiar e ter um caminho. Mas são as perguntas que de fato vai fazer você evoluir e vivenciar esse caminho.

Qual o significado que você da para os seus momentos?

4) Definição de correntes: As correntes se pensarmos em um objeto elas servem para prender. E se pensarmos em correntes de ar ou de água muito provavelmente definiremos como agente de movimento ou energia de romper barreiras.

Parte 3, to be continue...

 

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Ler matéria completa
Indicados para você