[ editar artigo]

Pequenas heranças (visão de futuro 2026)

Pequenas heranças (visão de futuro 2026)

Toda vida tem um marco de antes e depois. E muitas vezes, esse marco não é escolhido, ele não é planejado, ele simplesmente chega transformando tudo: sua forma de ser, de agir, de pensar, é uma completa reviravolta. E quando eu penso no nosso marco, lembro de quão ingênuo ele parecia no começo. Uma postagem no Linkedin, a qual começamos a procurar mais sobre um tal de Instituto CEO do Futuro, e se inscreveu no susto pois as inscrições acabavam no dia seguinte, sem mal ter tempo de entender o que era. De repente, você estava dentro, e conheceu pessoas que te fariam pensar sobre quem você é e aonde você quer chegar. E também te ensinariam a dar um passo de cada vez, porque de pouquinho em pouquinho podemos fazer coisas grandes.

E você deu seu segundo passo (o primeiro foi entrar no programa) ao se formar, ao entregar um projeto que várias vezes pensou que não conseguiria. E o terceiro ao pegar nas mãos sua carta de motorista, que só você sabe o quanto sofreu para tirar. E outro se formar na faculdade, e finalmente fazer um churrasco com a galera – que não se viam há 2 anos depois daquele momento louco de pandemia. E mais um ao sair a nota do ENEM e ver que tinha dado certo, e você ia começar a nova graduação. Mas foi uma loucura ter que se mudar de novo, e ter de novo a sensação de frio na barriga ao se mudar para uma cidade nova, agora mais perto da família.

Quando menos percebeu, já estava acostumada com a nova rotina, com o novo lugar e com o seu cantinho. Lembra quando pensava sempre em deixar “pequenas heranças” para seu eu do futuro? Pois é, hoje encontrei seu caderninho de anotações e peguei as polaroids que deixou no bolsinho, foi quando resolvi te escrever. Estava tudo em ordem cronológica: o trote da faculdade, sua primeira viagem para os EUA – te contar que agora todo ano dou um pulinho lá; quando adotou a Plutão, que agora está uma mocinha enorme e com o pelo lindo; de seu aniversário de 20 anos, que foi uma festa incrível. Também tinha fotos do intercâmbio para a África do Sul, quando pôde conhecer pinguins ao vivo e em cores, de pertinho, e tinha a missão de ajudá-los. Para falar a verdade, bateu uma saudade imensa daquele sol da savana.

Nós fomos perseguindo nossos sonhos. Tinha foto de você de jaleco, quando começou na iniciação científica, e também os esboços do logo do seu podcast, que começamos na sorte, mas hoje é o que te move. E tem fotos do jantar de quando você foi promovida! Que aliás me lembrou da sensação de desespero que foi se adaptar a tudo, como os novos desafios eram maiores, e hoje consigo levar isso com tanta naturalidade. Nós crescemos muito! Mas foram muitas noites mal dormidas, muitos trabalhos entregues (alguns em cima da hora, mas todos concluídos), muitos livros devorados. Te conto hoje que tudo valeu a pena.

E hoje vim deixar mais uma foto na caixinha de heranças: a foto do meu noivado. E te contar que está uma loucura a mudança, aquela turbulência da reforma, caixas para todos os cantos. Vendo pelo lado positivo, é o sinal de que todo nosso esforço valeu a pena. Se a vida é trem bala, parceiro, o seu tava sem freio, mas está tudo se ajeitando para a calmaria - ou não, já estou planejando a pós depois da formatura no final do ano. Antes de ir, eu queria novamente te agradecer por cada momento, seja ele feliz, triste, de surpresa ou de ansiedade. Se você não passasse por cada um deles, eu não estaria aqui hoje te contando essa história. A nossa história. Por fim, deixo essa cartinha na nossa caixinha. Nos vemos em breve, espero voltar com boas novidades.

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Ler conteúdo completo
Indicados para você