[ editar artigo]

Sobre os Elos que criamos

Sobre os Elos que criamos

Em qual ano temos a sensação de vê-lo passar "mais rápido"? Um ano tipicamente normal ou um ano atípico? Para muitos, a resposta é a segunda opção. Estamos ansiosos por uma cura contra a Covid-19, estamos ansiosos para abraçar familiares e amigos, estamos ansiosos para colocar 2020 debaixo do tapete.

Porém, será que é realmente assim? Será que 2020 não nos trouxe nada de produtivo?

"Sempre procurei transformar desastres em realidade."
- John Rockefeller,  investidor e empresário norte-americano

Problemas sempre irão acontecer: Peste Negra, Primeira Guerra Mundial, Grande Depressão, Segunda Guerra Mundial,  Emersão da AIDS na década de 80, Fim do mundo em 2000, Crise de 2008, Covid-19, entre outros. A maneira como vamos encarar essas crises supera a resiliência e abre portas para o antifragilidade: o benefício mesmo no caos.

"O acaso favorece a mente preparada"
- Louis Pasteur, cientista francês

Dado esse contexto, em Agosto, eu e mais algumas dezenas de jovens curiosos em aprender e esperançosos em contribuir para um mundo melhor iniciamos nossas atividades na Turma 33 (T33) do Instituto Ceo do Futuro! Esta foi uma jornada recheada de: conhecimento, através da Academia de Talentos que viabilizou palestras com profissionais conceituados, e aplicação, ao longo das atividades junto à ONG Vim Ver para que pudéssemos aplicar tudo que aprendemos.

Essas dezenas de alunos foram separadas em grupos de trabalho com 10 alunos em média cada. Surgiram projetos incríveis! Com muito esforço e criatividade, eu e mais 8 alunos criamos o projeto Elos (Instagram no rodapé deste post).  Nosso público-alvo são pessoas transgênero e transsexuais binárias e não-binárias e nós nos propomos a criar redes de acolhimento através de serviços de psicoterapia breve, acessível, totalmente online e com profissionais admiráveis e empáticos.  Hoje contamos com sete clientes e quatro psicólogas parceiras, e esperamos proporcionar um ambiente de acolhimento, com muita empatia, que estimule liberdade e diversidade, e conecte as pessoas engajadas à causa trans através do elos criados.

Graças à T33, conseguir ajudar pessoas em condições de vulnerabilidade social e/ou econômica. Não sou o salvador da pátria, mas acredito que eu tenha lhes ajudado nem que seja 1%. Eu espero, de coração, que essas pessoas tenham cada vez mais lugar de fala, usufruam dos seus direitos como qualquer a maioria das pessoas cis têm e possam viver sem medo de serem quem são. Também espero que mais organizações do primeiro, segundo e terceiro setores contribuam, nem que seja só mais 1%, um passo de cada vez, para um mundo melhor e igualitário.

Além disso, minha rede de contatos também se expandiu em quantidade e qualidade! São muitos nomes mas gostaria de frisar com carinho: Alexandre Carvalho, Arthur Souza, Lucas Okimoto, Carolina Santos e Caroline Garonce.
(Bônus 1: Alessandra Gregatti já era minha amiga antes da T33. Pode contar de novo?!)
(Bônus 2: No último mês, conheci as  meninas do Grupo 2, elas são BRABA! Gostaria muito de ter trabalhado com vocês também s2
(Bônus 3: Maricy e Rose, muito obrigado pelo suporte que vocês deram ao projeto Elos! Sem vocês, não teria sido possível! Vocês entram na listinha também, mas eu precisava agradecer à parte.)
(Bônus 4: Gratidão às nossas mentoras Vevis e Júlia pelo suporte, calma e orientação.)


Instagram Elos: @elos_trans

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Filipe Augusto
Filipe Augusto Seguir

Sou engenheiro químico e apaixonado por gestão de projetos e suas ferramentas. Possuo mestrado em engenharia de processos e durante os últimos anos, me especializei em simulação, integração e otimização de processos.

Ler conteúdo completo
Indicados para você