[ editar artigo]

Todas as historias sao importantes, inclusive a nossa!!!

Todas as historias sao importantes, inclusive a nossa!!!

Eu  achava que a minha historia era comum, como a de todo mundo, que eu tinha uma vida padrao e que o melhor ainda estaria por vir.

  Quando tive  a oportunidade de participar do icf, que alias era um dos meus sonhos, eu achava que muita coisa mudaria, e realmente mudou, pois aprendi a importância de valorizar cada  experiência, seja ela boa ou ruim, se tem uma palavra que define meu periodo no ICF essa palavra é resiginificação .

  Quando ingressei no processo seletivo presencial para o CEO do futuro, me deparei com muitos jovens de alto nível, isso era otimo, mais me trazia tambem uma insegurança, aquela sensação de que eu nao merecia estar ali, que eu era um "peixe fora da água ", mais logo na primeira aula descobri que estava enganada.

  Muitos jovens de excelentes instituições de ensino, de realides bem diferentes da minha, muitos ali apenas estudavam, estavam em busca de seu primeiro emprego ou estágio,  porem todos possuiam historias espetaculares; e eu admirava cada um deles, desde os alunos, palestrantes e também os voluntarios, que tornavam aquele projeto possível. 

  Com a convivência descobri que a admiração era recíproca,  e ai eu comecei a me enxergar com outros olhos! Tivemos dentre tantas palestras especiais, aquela que mais me marcou foi o " trajectory day" , e dentre as tres palestrantes de alto nível ali naquele palco, uma delas me marcou profundamente por ser uma ex ICFER a Karen Nogueira, ali se confirmava que eu estava sim no ligar certo, e se algum dia duvidei de minha capacidade, ali tive a certeza que eu iria alcançar tudo aquilo que desejo.

  Descobri que todas as historias sao especiais  inclusive a minha! E valeu a pena cada sabado que eu acordava 5 hrs da manha, para ir  de trem, e chegar as 21 hrs em minha casa. No final do projeto fui indicada como um dos destaques da turma, e fiquei entre os 5 destaques!!!

Sou muito grata, por cada passo, por cada experiência, nao sou nada modesta em dizer que morro de orgulho do meu passado, pois ele me permitiu chegar até aqui hoje!!!

 

  Para quem não me conhece, venho de uma familia muito humilde,  sempre trabalhei desde criança,  com 9 anos de idade eu ja entregava panfleto, imã de geladeira, ajudava minha mãe vender pao caseiro, com 10 anos eu era responsável por fritar os salgados que sr Sebastião  comprava da minha mãe pra revender, ele sabia ler os numeros porem nao sabia somar, ele me pagava uma quantia bem simbolica na época pra eu somar a cardeneta de fiados pra ele; ali eu ja me achava a enpreendedora!

  Aos 11 eu resolvi sair todos os dias de segunda a sexta pra vender os salgados que minha mãe  fazia, e sempre estudei bastante, brinquei muito e me destacava e muito na escola; porem apesar de tentar várias modalidades nao levava muito jeito para o esporte. Sempre continuei ajudando minha mãe que trabalhava por conta, e fazia isso com muito orgulho.

 Com 15 anos eu decidi que eu queria trabalhar fora, registrada e comecei fazer por onde, procurei pelo comércio local do bairro que eu morava, procurei  em várias ONGs e instituições que ajudam o jovem no primeiro emprego, até que consegui entrar na pastoral da criança, onde os jovens recebiam treinamento e encaminhado para o primeiro emprego.

  A primeira grande vitoria foi passar na entrevista da loja em que consegui meu primeiro emprego pois havia a maior "lenda" entre os alunos da pastoral que ninguém dali passava do processo seletivo naquele lugar! Logo depois no final do programa fui efetivada, e ali trabalhei tres anos e meio, eu trabalha  estudava e fazia um técnico semi presencial, ainda no ultimo semestre do técnico ingressei na faculdade (quase pirei) mais valeu super a pena. Sai da Rondi ao conseguir meu primeiro estágio, no inicio do segundo ano da faculdade!

  Tive o grande privilegio de conseguir fazer quatro estágios (porque eu escolhi isso) durante meu  curso, e no último ainda consegui ser efetivada. Hoje ja fazem quase cinco anos que me formei, sou graduada em engenharia Civil; trabalho na área, não chegeui ainda onde eu gostaria de chegar, mais tenho certeza que estou cada dia mais  perto.

 Mesmo com esse textao eu juro que esta bem resumido; a mensagem que quero passar é  que tudo é possível quando corremos atras, nunca desistam de seus sonhos.

 Abraço Eng Carolini Ruiz.

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Carolini Ruiz
Carolini Ruiz Seguir

Formada em eng Civil, Filha da dona Elisangela e do sr Emilio, irmã do Everton e da Edilaine. Umbandista; uma jovem muito empatica, que nao mede esforços para ajudar o próximo.

Ler matéria completa
Indicados para você