[ editar artigo]

Um Novo Dia - Visão de Futuro 2026 (Turma 34)

Um Novo Dia - Visão de Futuro 2026 (Turma 34)

Março de 2026. Dou início a mais uma etapa em minha vida, atingindo patamares que não poderia imaginar nos meus maiores sonhos. Desde criança, tive dificuldades de lidar com pessoas, da minha idade ou não, por ser muito tímido. Romper essa barreira foi um processo difícil e que exigiu considerável tempo, e algumas experiências traumáticas foram responsáveis por criar em mim uma força de vontade para mudar, de uma vez por todas, esse aspecto que aos poucos me distanciava de meu propósito. A curiosidade é algo que sempre me acompanhou, e conciliada com minha aptidão para as ciências exatas me direcionou para a engenharia. Num primeiro momento, principalmente através de experiências acadêmicas na área, senti como se um espaço, deveras considerável, afastasse o conhecimento técnico do comportamental. Atividades se tornavam muito mais difíceis devido à falta de um relacionamento interpessoal inclusivo e voltado para resolução de problemas em conjunto, onde o diálogo na maioria das vezes não era o meio encontrado para utilizar o conhecimento do grupo em prol de uma solução, e conflitos do gênero sempre rodearam minhas experiências. Devido às minhas dificuldades pessoais, o desenvolvimento da comunicação sempre esteve presente no meu dia a dia, e ao observar ao longo dos anos uma evolução contundente nesse aspecto, por auto avaliações e feedbacks, senti dentro de mim que poderia, de alguma forma, impactar de forma positiva não só na minha, mas na vida e carreira de outras pessoas, vendo nisso um caminho para realizações pessoais e profissionais, tornando as pessoas em si mais felizes. Sempre acreditei que a gestão de pessoas fosse a chave para qualquer organização, e no início de minha carreira como graduado, em 2022, foi difícil adquirir confiança para expor minhas opiniões e aprendizados no ambiente de trabalho. Mas minhas convicções nunca cessaram, e com o tempo a busca pelo meu propósito da “inclusão comportamental” nos ambientes mais técnicos foi percebida, e a voz que foi me dada foi responsável por gerar resultados efetivos não só nas organizações, mas em seus colaboradores como pessoas. Com mais experiência e contatos no mercado de trabalho, busquei expor minhas ideias para as mais diferentes empresas e profissionais que eu conhecia, e a aplicação dos ensinamentos que aprendi ao longo da vida, envolvendo habilidades como a colaboração entre equipes, autogestão e adaptabilidade, adquiriu proporções gigantescas. Fui convidado a realizar uma palestra, outro sonho que sempre tive, para gerentes de várias indústrias, apresentando essa nova abordagem comportamental dentro dos times e como ela poderia ser amplamente aplicada, após ter comprovado na minha equipe a eficiência do processo, em que os colaboradores se tornaram mais motivados, realizados e, consequentemente, atingiram resultados fantásticos. Hoje dou início a uma série de encontros para capacitar e promover o desenvolvimento de uma rede de grandes empresas multinacionais, que confiaram no meu projeto para tornar a indústria um lugar mais humano, com pessoas e não apenas colaboradores. Esse conhecimento é responsável por uma melhora não só no ambiente profissional, mas na forma das pessoas de enxergar a vida como um todo, estando sempre aberto ao diálogo e nunca deixando de lado a empatia, imprescindível para que os pontos de vista dos mais diferentes indivíduos sejam notados e percebidos da maneira adequada. O Guilherme de 2021 tinha grandes sonhos e metas, mas poder ultrapassar todos eles, com uma perspectiva cada vez maior de impactar mais e mais pessoas a serem verdadeiramente felizes e realizadas em todos os âmbitos da vida, sendo parte ativa de um ideal cada vez maior, é o que me motiva todos os dias a não parar de sonhar que tudo é possível!

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Guilherme Diniz
Guilherme Diniz Seguir

Ler conteúdo completo
Indicados para você