[ editar artigo]

As 10 leis da simplicidade - Foco no que é essencial

As 10 leis da simplicidade - Foco no que é essencial

 

Simplicidade é o contrário de complexidade. É deixar de lado o que não é essencial e manter somente o importante – em todos os sentidos, não só de materiais como quando estamos fazendo uma mala para viajem, mas em todos os sentidos da vida.

Os benefícios de uma vida e uma forma de pensar mais simples é algo possível e aplicável tanto na esfera pessoal quanto na profissional.

Tudo aquilo que nos permite simplificar o que antes era complexo é muito bem-vindo, seja um produto ou uma maneira mais eficiente de resolver um problema.

Para auxiliar no objetivo de uma vida mais simples, trago as 10 leis da simplicidade apresentadas por John Maeda no seu livro sobre o tema. Elas podem ser aplicadas individualmente, apenas algumas delas ou todas ao mesmo tempo – você escolhe.

As 10 Leis da Simplicidade

Lei 1 : REDUZIR

A maneira mais simples de alcançar a simplicidade é por meio de uma redução conscienciosa.

A regra é simples: se alguma coisa não parece ser importante possivelmente não é mesmo - menos é mais!

Um dica para dominar esta lei é utilizar a técnica do ELA:

Lei 2 : ORGANIZAR

A questão primordial nesta segunda lei é: "O que vai com o quê?".

Não é atoa que vemos sistemas orientais despontarem entre os mais eficientes da gestão moderna. Através de mecanismos de organização – Sistema 5S e o Kanbam, por exemplo – a categorização de tarefas, demandas e pessoas torna-se eficiente.

Lei 3 : TEMPO

Valorizamos cada vez mais os serviços rápido e os produtos de uso fácil, de fato, ninguém gosta de ficar esperando. Economia de tempo transmite simplicidade. 

Aqui também você pode utilizar a técnica do ELA para ajudar a diminuir o gasto de tempo.

Lei 4 :  APRENDER

O conhecimento torna tudo mais simples.

Já tentou fazer alguma coisa que não tem domínio, na certa a atividade será demorada, trabalhosa e estressante! Um dica para simplificar essa tarefa é conhecida como BRAIN:

Lei 5 : DIFERENÇAS

Simplicidade e complexidade necessitam uma da outra, parece estranho, mas é verdade.

Sem um contraponto, a simplicidade não seria sequer identificada. Além disso, só podemos apreciar algo quando existe a compração com outra coisa, por isso, quanto mais inserida em uma realidade complexa, mais a simplicidade se destaca.

Lei 6 : CONTEXTO

O que reside na periferia da simplicidade é não-periférico!

Para que seja possível simplificar qualquer coisa, é necessário tambem prestar atenção ao entorno. As pessoas compreendem mais facilmente dentro de um contexto adequado.

Lei 7 :  EMOÇÃO

Simplicidade não deve ser entendido como um processo frio, objetivo e superficial - muito pelo contrário!

Um exemplo de que emoção e simplicidade andam de mãos dados foi a criação dos emoticons ;) : não podemos negar que estas carinhas simplificaram e muito nossa comunicação via internet. E alguém tem alguma dúvida se são desprovidos de emoção? 

Lei 8 :  CONFIANÇA

Como diria o Mestre YodaNa simplicidade nós confiamos!

Todo processo de simplificação requer uma boa dose de confiança, é essencial ter certeza que a simplicidade é o melhor caminho e que seus resultados positivos virão.

Aplicativos são um ótimo exemplo desta lei, já pensou o quanto que os App de solicitação de comida, pagamento de contas, definição de rota facilitaram nossa vida - mas é inegável que tivemos que confiar no produto/processo. 

Lei 9 :  FRACASSO

Assim como no empreendedorismo, falhar faz parte. 

Algumas coisas nunca podem ser simples! Porem, entretanto, todavia, as tentativas frustradas de tornar algo mais simples devem se encaradas como uma aprendizagem.

É preciso aceitar que, vez ou outra, o fracasso acontece. E aprender com isso, ao manter a mente aberta a novas perspectiva e oportunidades futuras, é muito importante.

Lei 10 :  A ÚNICA

A simplicidade consiste em subtrair o óbvio e acrescentar o significativo.

Essa é a lei mais importante de todas - na dúvida por onde começar "simplificação", apegue- se a ela.

Em resumo ..

O que podemos aprender com o professor do Laboratório de Mídia do MIT  é que não é necessariamente benéfico adicionar funções, sejam elas tecnológicas ou de qualquer outra finalidade, só porque podemos fazer isso. As leis da simplicidade pode ser considerado uma bíblia para nos lembrar sempre que menos é mais, que a simplicidade é o maior nível de sofisticação.

Isto não significa que a busca pela simplicidade é fácil, mas é necessária. A simplicidade abre um leque de novas oportunidades para pessoas e empresas que passam a enxerga-la como uma forma de facilitar a compreensão de um mundo cada vez mais complexo e como agir para aproveitar todo seu potencial.

SIMPLIFIQUE-SE! 

 

 

COMUNIDADE CEO DO FUTURO
Ler conteúdo completo
Indicados para você